Dia-a-dia

Não basta fazer, tem que compartilhar (parte 2)

Conozcan a ‘Pornostagram’ y otras versiones ‘porno’ de las redes sociales

FONTE: http://www.publimetro.cl/nota/teknik/conozcan-a-pornostagram-y-otras-versiones-porno-de-las-redes-sociales/oEpndb!5SXDgJgyAI_m00QkACASmg/

Conheça o Pornostagram, o Instagram da pornografia

Tudo começou porque um casal francês ficava trocando fotos íntimas e pensaram assim: “se a gente faz, todo mundo deve fazer também”, então resolveram criar uma rede social similar ao Instagram onde todo mundo pode divulgar fotos das suas partes íntimas.

Para o casal, isso é muito mais banal do que parece. O proibido já está ficando de lado. Está cada vez mais natural as pessoas tirarem fotos das partes íntimas e divulgar de alguma forma, mas como não existia um lugar próprio para isso, diziam que foi sem querer, que roubaram de algum dispositivo, ou que foi o ex que espalhou e assim vai. Mas felizmente agora terá mais esse tipo de problema.

Agora prevendo o futuro: o pornostagram terá milhões de usuários e o Mark Zuckerberg vai pagar uns bons bilhões por esse aplicativo e o casal de Lyon irá ficar muito feliz.

Vamos ver até onde isso vai. Só está faltando uma rede social onde as pessoas divulgam fotos sendo assaltadas.