Política

Ditadores disfarçados na América Latina: José Mujica

Governo do Uruguai começará a plantar maconha em setembro

FONTE: http://br.noticias.yahoo.com/governo-uruguai-come%C3%A7ar%C3%A1-plantar-maconha-em-setembro-211047512.html

Uma das superstições mais sólidas da América Latina é a palavra Estado. Ficou no imaginário dos países que existe um centro que zela por toda sociedade. Muitos consideram o Estado como um pai ou uma mãe. Isso se deve a formação colonial que nos levou a essa crença. E o engraçado que um Estado sugador, consumista é o causador de nossos problemas obrigando-nos a sustentá-lo na UTI de sua falência.  A ideia de dominação por um governante esclarecido nos move. Na argentina, aquela mulher quer ter o controle total do país, e está arrebentando tudo em nome do Estado argentino. Na Venezuela aquele fascista disfarçado de revolucionário está destruindo tudo que o grande Bolivar deixou. No Equador tem aquele mascarado que expulsa jornalistas. Na Bolívia temos o cocaleiro Moralles. E agora no Uruguai apareceu um guerrilheiro José Mujica que com sua tradição de revolucionário resolveu estatizar a maconha. É, a maconha agora é controlada pelo governo. Não é maravilhoso? Agora eles que plantam e vendem a droga. Lá o consumo não é crime mas plantar e comercializar é, o que já é uma contradição. Se você não pode plantar e vender, como é que vai fumar? É no minimo engraçado uma pessoa chegar numa repartição pública e pedir uns cigarrinhos. É isso, como o Estado não consegue cuidar de coisas importantes fica cuidando de bobagens e irrelevâncias. A América Latina está mucho loca hermanos.