Política

Será que voltamos a ser brasileiros?

Antigamente o futebol era considerado o ópio do povo. Quem assistia era alucinado, manipulado. Mas hoje, essa imagem mudou. É o esporte que move nosso país. Ontem durante a cerimônia do hino nacional na Arena Castelão, foi mais uma prova que temos orgulho de sermos brasileiros. E desta vez é pra valer (Ou não?)!

Aquela frase clichê, que somos brasileiros somente de 4 em 4 anos não vale mais. Os brasileiros acordaram pra vida. Perceberam o grande buraco que a sétima economia do mundo está entrando. Descobriram que a política faz parte do nosso dia-a-dia e tiraram a venda que os cegava da grande festa que nossos políticos fazem, sem nos convidar.

Todas as divergências e motivos que fazem os brasileiros irem as ruas esbarra na falta de representatividade dos partidos políticos junto a população. Sempre tivemos a fama de falar que política é algo chato e os políticos agradeciam: “quanto menos se envolverem, melhor pra nós”. Com isso os partidos foram apartando as pessoas e aumentando o sentimento de que eles não se preocupam com as mesmas coisas que a população se preocupa, apenas cuidando de seus interesses. No fim das contas, eles não trabalhavam mais para a sociedade.

Ninguém é contra a Copa do Mundo. Somos apaixonados por futebol. Quando fomos escolhidos para sediar a Copa, todos vibraram. O problema é que foi prometido que não seria utilizado dinheiro público nos estádios. E já sabemos o que aconteceu. Gostar de futebol é uma coisa, querer a Copa é uma coisa, ser roubado é uma coisa completamente diferente. 

Agora todos os governantes estão encantados com a democracia exercida pelos manifestantes. O congresso, como só tem cobra criada, estão todos quietos, se preparando para votações secretas. O interessante que estes mesmos governantes não estão interessados em atender as reivindicações da população, só querem esvazia-las. Reduziram o valor das passagens para  tentar aquietar os manifestantes. Eles acreditavam que todos achavam que estava tudo bem. E acham que só com um doce irá calar a todos. A população quer respostas. Quer saber por que a inflação só cresce? Por que a educação está uma vergonha? Por que a saúde está um caos? Por que a corrupção impune? Por que a Petrobrás comprou uma refinaria por um bilhão? Ninguém diz as respostas que todos querem saber.

Acredito que todos esses manifestos devem ecoar nas eleições do ano que vem. É apenas através das urnas que se resolve um caso desses. Agora o que acontece é que todos esses que estão na rua, acreditam que não é na eleição que isso se resolve. Os partidos que estão ai não os representam, não são confiáveis. É muito possível que verei os votos nulos aumentarem, votos de protesto. Até que os partidos comecem a se organizar de outra forma. Mas ainda acho que isso vai demorar. E ainda acredito que irá ter algum político que virá de forma mais aberta conseguirá uma boa receptividade do eleitorado.

Ainda tenho dúvidas que esse Cyberativismo realmente mudou a conciencia da população e que agora todos vão exercer sua função de ser cidadão.

Democracia já temos, agora só falta formar uma república.